Sistema de Qualidade (SQGE)

O Sistema de Qualidade na Gestão Escolar (SQGE) é uma estratégia em rede para avaliação e melhoria das práticas institucionais de um centro educativo jesuíta, desenvolvido pela Federação Latino-Americana de Colégios da Companhia de Jesus (Flacsi).


 

Por meio do SQGE, a escola se insere em um ciclo contínuo de reflexão sobre seus resultados, definindo metas e ações que impactem positivamente a aprendizagem dos estudantes.

OBJETIVO

O principal objetivo do SQGE é organizar os processos de avaliação e melhoria dos centros de aprendizagem, certificando seus resultados por critérios compartilhados como referência válida para o desenvolvimento da qualidade de uma escola jesuíta.

Principais propósitos

  • Avaliar resultados e práticas institucionais.
  • Impulsionar um ciclo permanente de avaliação, reflexão e melhoria.
  • Identificar e analisar fatores e processos para melhoria dos níveis de aprendizado dos estudantes.

Estrutura

O núcleo do SQGE é a FORMAÇÃO INTEGRAL. Associados a ele estão quatro áreas principais, relacionadas à qualidade da aprendizagem, em torno das quais o centro de aprendizagem organiza suas atividades: Âmbito Pedagógico-Curricular, Âmbito Clima Escolar, Âmbito Organização, Estrutura e Recursos e Âmbito Família e Comunidade. Cada uma dessas áreas é traduzida em resultados que os centros devem alcançar. Confira na imagem abaixo:

 

 

NOSSO CONCEITO DE QUALIDADE

A qualidade da educação escolar para o Colégio Loyola está no comprometimento com a formação integral inaciana de nossa comunidade escolar, oportunizando o desenvolvimento de cidadãos autônomos, em busca do Magis inaciano. Acreditamos que, por meio da organização de um processo educativo, inserir o aluno no centro do processo de ensino-aprendizagem, considerando uma educação inclusiva, em perspectiva ampliada, e responder aos desafios de cada tempo, levando em conta espaços, tempos e recursos escolares, é uma marca institucional que corrobora a busca pela qualidade.


 

ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO

No Colégio Loyola, o Sistema de Qualidade da Gestão Escolar será aplicado em duas grandes etapas: autoavaliação e melhoria. Veja, abaixo, o cronograma de aplicação.

1ª etapa (4 meses) Autoavaliação – concluída

Reflexão.
Compreensão do Sistema.
Aplicação do Guia de Autoavaliação.

Leia, AQUI, o informativo da etapa.

 

2ª etapa (20 meses) Melhoria – em curso

Desenhos de Plano de Melhoria.
Determinação de metas de aprendizagem.
Implementação da melhoria.
Avaliação da melhoria (avanços qualitativos e quantitativos).


 

Notícias do SQGE

Acompanhe as principais notícias sobre a implantação do Sistema de Qualidade na Gestão Escolar da Flacsi no Colégio Loyola.

Desenvolvimento do processo de melhoria contínua

Tudo começa com a identificação de dados que contextualizam a aprendizagem dos estudantes para avaliação e definição de áreas nas quais se devem aplicar ações de melhoria (primeira etapa). Essa fase, por sua vez, é composta por três momentos: a definição do contexto, uma jornada de diálogo interno sobre as práticas em curso na escola e possibilidades de crescimento, e a autoavaliação propriamente dita. Em seguida, são definidos os pontos de melhoria e metas a serem alcançados. As ações de melhoria são aplicadas e monitoradas. Os resultados são supervisionados (segunda etapa).

No momento seguinte, sob novo olhar, são avaliadas as conquistas e eventuais pendências.  Essa etapa culmina com um novo ciclo de melhoria contínua, combinando, de modo permanente e sistemático, a avaliação e a melhoria, a análise e a ação.

 

FLACSI

FLACSI é a Federação Latino-Americana de Colégios da Companhia de Jesus, uma rede regional que conecta 13 redes nacionais, incluindo a RJE (Rede Jesuíta de Educação Básica do Brasil). Seu principal objetivo é fortalecer os colégios por meio de ações comuns para a transformação educacional e social dos países de origem.

Destaques do SQGE