Dia de Previdência Social

Estudantes da 2ª Série EM, com auxílio de Jacqueline Cavaca, professora de História, elaboraram um dia voltado para o assunto da Reforma da Previdência. Além de ser um tema que afeta a vida de todo cidadão, tanto do ponto de vista do trabalhador como do empregador, é um assunto que está em alta no Brasil.

A atividade foi dividida em dois momentos: uma apresentação do grupo do Projeto ConscientizAÇÃO e uma palestra de Luciomar de Mello, coordenador do Programa de Educação Previdenciária da Gerência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Belo Horizonte.

Além da importância educativa, essa dinâmica, em especial, marca um valor que é importante para o Loyola, que é relação da família com o Colégio: os pais puderam participar e acompanhar o dia de previdência, assistindo, assim, às apresentações e trocando experiências. Em suma, é uma proposta para contextualizar as famílias, permitindo uma conversa rica com os estudantes.

Conversamos com Teresa Nogueira, que participou da atividade em nome da Associação de Pais do Colégio Loyola, e ela fez considerações importantes. “Abrir as portas do colégio às famílias é materializar a compreensão de que somos parte da comunidade educativa e estreitar a parceria do binômio escola e família na formação integral de nossos filhos. É dar a oportunidade para este binômio ouvir e ser ouvido”, comenta Teresa.

Estreitar a relação da família com a escola é uma oportunidade de transparência mútua, na qual é possível contextualizar os pais sobre o dia a dia de seus filhos. Dessa forma, cria-se um cenário propício para o diálogo e a troca de experiências, além de ampliar os horizontes e olhares que serão partilhados para o fortalecimento da formação de nossos jovens e crianças, que são o centro e a razão de ser do processo educativo.

Além disso, vale ressaltar que é uma maneira de ampliar a participação das famílias para além dos eventos institucionais. Segundo Teresa, é colocar em prática o que dispõe o PEC 2016, 32, no qual lemos que: professores, alunos, famílias, profissionais não docentes, todos são protagonistas do processo educativo, participando de diferentes formas e lugares da vida escolar.”


Compartilhe: