Empreendedorismo

Destaque

01

jun 2015

Falar menos e fazer mais é fundamental na busca de soluções inovadoras.

_____

Pare de falar. Comece a fazer! Sem querer ensinar uma receita de bolo, até mesmo porque, para o assunto em questão, isso não seria possível, o professor e fundador da SambaTech, Gustavo Caetano, resumiu sua palestra sobre Inovação e Empreendedorismo para os alunos que tiveram suas ideias selecionadas para integrar o iLO (Núcleo de Inovação do Colégio Loyola).

A conversa já havia começado aquecida. Falando para os pais, na abertura do evento, o engenheiro e professor associado da Fundação Dom Cabral Afonso Cozzi afirmou que empreendedorismo não é talento, mas uma atitude, uma postura, que deve ser estimulada na família e na escola, desde a Educação Básica.

E foi com esse tom de provocação que Gustavo Caetano assumiu a palavra, contando a história de sua vida e respondendo perguntas sobre como chegou à lista dos dez jovens mais inovadores do Brasil (de acordo com o Massachusetts Institute of Technology – MIT), tendo compartilhado suas experiências em eventos na ONU, na NASDAQ, entre outros. Para ele, o mais importante é se perguntar: “qual problema estou resolvendo?”.

A programação do iLO segue ao longo do ano com uma série de palestras abertas à comunidade educativa. De acordo com o Pe. Germano Cord Neto SJ, idealizador do iLO, nos últimos anos a escola tem investido em experiências educacionais, sobre várias temáticas, com o objetivo de transformar o processo ensino-aprendizagem.

O iLO é um projeto em parceria com a Fundação Dom Cabral e pretende promover a cultura da inovação e o espírito empreendedor em todas as dimensões da vida escolar no colégio. Voltado para os alunos do 6º Ano EF à 3ª Série EM, ele funciona como uma incubadora de ideias. A próxima palestra está marcada para o dia 25 de junho e será sobre Empreendedorismo Ambiental, às 19h, no Teatro Pe. Francisco Rigolin.


Compartilhe: