Projeto Artes do Período Romântico

Sandra Assis, professora de Literatura, Daiane Carneiro, professora de Redação, Jacqueline Cavaca, professora de História, e Monica Fernandino, professora de Redação, elaboraram o Projeto Artes do Período Romântico para os estudantes da 2ª Série do EM. Nesta atividade, os professores deram as instruções de cada etapa, e coube aos alunos serem os protagonistas.

Na primeira etapa, os professores ensinaram conceitos, contextos e características do Romantismo. A partir disso, cada turma ficou responsável pela leitura de uma obra pertencente ao Romantismo. “A turma A leu O Seminarista; a turma B, A Moreninha; a turma C, Senhora; a turma D, A Escrava Isaura e, por fim, a turma E leu A Dama das Camélias”, detalha Sandra.

Após a leitura, os estudantes de cada turma foram divididos em grupos e tiveram que realizar um trabalho escrito. Nessa atividade, cada grupo recebeu um tema do período romântico, como, por exemplo, contexto histórico, dança, música ou pintura. Após as pesquisas e produções, eles tiveram que relacionar o conteúdo estudado com Sarau. Além disso, cada grupo realizou uma apresentação diferenciada. “Quem falou de contexto histórico utilizou imagens e fotografias da época. Já quem falou de música apresentou uma determinada música daquele período, mostrando características e conceitos”, acrescenta a professora de Literatura.

No dia 2 de maio, ocorreu a segunda etapa do projeto. Os professores elaboraram 6 oficinas: Teatro, Figurino e Maquiagem, Música, Pintura, Áudio e Vídeo, e Dança. As dinâmicas, que ocorreram no Espaço Kolvenbach, envolveram especialistas de cada área. Dessa forma, os estudantes puderam ver, na prática, um pouco do que eles e seus colegas haviam pesquisado e apresentado.

Após as oficinas, as professoras realizaram uma nova divisão de grupos com base nos objetivos e nas vontades dos estudantes. “Tivemos alunos que foram para a criação de vídeo, outros que foram para dança, alguns que foram para música. A partir disso, cada grupo pegou o livro lido e teve que fazer uma adaptação, que foi apresentada no evento de encerramento da SCAL, no dia 06 de julho”, esclarece Sandra. Nesse dia, ocorreu um Sarau, no qual cada grupo fez uma apresentação com base em seu tema. Tivemos uma apresentação musical, uma apresentação teatral e muito mais.

Como foi o feedback dos estudantes?

“Foi muito gratificante ver o produto final do trabalho desses estudantes. Nós estudamos na primeira etapa o Romantismo, e, agora, eles propuseram um sarau. Foi extremamente interessante ver os talentos, os vídeos produzidos, como eles se envolveram e assimilaram o conteúdo, que deveria ser feito de uma forma mais lúdica e trazendo características do Romantismo para a contemporaneidade. Estou satisfeita e emocionada de ver como nossos alunos conseguiram captar o objetivo do trabalho”, comenta a professora Sandra Assis.

“Esse trabalho elaborado é um diferencial, pois é um jeito diferente de ler o livro e de realizar as apresentações, que representam nossa cultura. É importante e interessante, pois os alunos passam a ser os protagonistas. Então, por exemplo, tivemos teatro, canto e muito mais. Todos organizados pelos alunos. Espero que todo ano tenha o sarau, e vou fazer questão de vir sempre”, conta o estudante Lucas Bassi.

“Esse projeto foi uma experiência totalmente diferente, porque nós fomos os responsáveis pelas produções. No início, foi bem desorganizado, tivemos dificuldades, fizemos várias mudanças de personagem, mas valeu muito a pena. No final, o grupo se juntou, e conseguimos ensaiar e organizar bem. Foi uma experiência importante, e foi muito bom ter feito isso com meus amigos”, ressalta a estudante Gabriela Gama.

“Esse projeto foi uma experiência totalmente diferente porque nós fomos os responsáveis pelas produções. No início foi bem desorganizado, tivemos dificuldades, fizemos várias mudanças de personagem. Mas valeu muito a pena. No final, o grupo se juntou e conseguimos ensaiar e organizar bem. Foi uma experiência importante e foi muito bom ter feito isso com meus amigos”, ressalta a estudante Gabriela Gama.


Compartilhe: