Tragédia em barragens

Vidas Ribeiras... espetáculo teatral

Alunos | Colaboradores | Professores

04

jul 2019

Com o espetáculo teatral “Vidas Ribeiras”, abordando as recentes tragédias relacionadas à queda de barragens de rejeitos de minério em Minas Gerais, foi aberta, na última segunda-feira, a Semana da Cultura, Arte e Literatura 2019 do Colégio Loyola.

A peça, resultado da construção coletiva de colaboradores docentes e não docentes, pais de alunos e estudantes, sob a direção do professor Júlio Vianna, toca o tema central da SCAL 2019, “Minas: Nossas águas, nossas vidas – Por que(m) os rios correm?”.

Além do trabalho coletivo, Vianna ressaltou a importância de falar sobre o tema, usando diversas formas de expressão, “para não deixar o assunto, que afetou e, provavelmente, ainda afetará tanto a vida de todos nós, cair no esquecimento, sem soluções efetivas”.

Natália Carvalho, professora e auxiliar de Biblioteca, uma das atrizes de Vidas Ribeiras, relatou ter se emocionado bastante ao final de uma das apresentações. “Teatro é isso, um misto de emoções! É maravilhoso sentir isso.”, disse.

Tereza Nogueira, mãe de três estudantes da escola e também atriz no espetáculo, afirmou que “envolver pais e antigos alunos no projeto é reconhecê-los como parte integrante e participativa desta comunidade educativa, o que é, por si, muito gratificante”. Para ela, a reflexão cuidadosa sobre a tragédia “chama-nos para nossa responsabilidade, como cristãos, à opção pela vida e nos alerta para o Cuidado da Casa Comum (Preferência Apostólica da Companhia de Jesus) como a possibilidade real de sustentabilidade”.

O encerramento da Semana da Cultura, com diversas atrações, será no próximo sábado. Clique aqui e confira a programação. E retire agora mesmo seus ingressos: Sympla.


Compartilhe: